quarta-feira, 16 de julho de 2014

Dica do Dia: Acrílico ou Poliestireno, o que usar?

Olá, a dica de hoje é sobre:

Acrílico ou Poliestireno, o que usar?



Frequentemente, objetos produzidos por outros plásticos também são comercializados no mercado como acrílico. O principal pelos equivicos no Brasil é o poliestireno (PS) cristal, um polímero usado em artigos de baixo custo, como em utilidades domésticas. O acrílico, por sua vez, é mais nobre e duradouro (no mínimo, 10 vezes mais resistente a impactos do que o vidro) e 100% reciclável.

Existem três formas básicas de reconhecer as diferenças entre os dois materiais. A primeira delas é o aspecto visual. 

De acordo com o engenheiro químico e diretor presidente do Indac, Fábio Fiasco, o poliestireno é azulado e amarela rapidamente, enquanto o acrílico é completamente transparente e não altera a cor com o tempo.

Outra forma de identificar os materiais é pelo som. Segundo o engenheiro, ao jogar uma peça de poliestireno, como uma régua escolar, em uma superfície de concreto, o barulho do choque é estridente, similar ao de uma lata de alumínio caindo no chão. 

“Já o som do acrílico é seco, abafado, imitando um objeto de madeira”, afirma Fiasco.  

O poliestireno também pode ser confundido com o acrílico na utilização de boxes de banheiro, embora no Brasil existam poucos fabricantes que trabalhem com este material. 

Quase tudo é poliestireno”, afirma José Eugênio Peres, diretor comercial da unidade Campinas da Casa do Acrílico.  

A única maneira de saber se um box é mesmo de acrílico é pela espessura  – que é no mínimo de 4 mm, o dobro do poliestireno – e tentar quebrar a chapa pela ponta. 

“Se quebrar, com certeza não é acrílico.” 

Segue a matéria completa em: http://www.indac.org.br/vantagens-acrilico-x-poliestireno.php

Gostaram da dica? 

Um grande abraço e até a próxima!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário. Após nossa leitura será publicado.